Quando você já tem ou se prepara para lançar seu negócio, uma das tarefas mais importantes para fortalecimento de marca e marketing é a criação de um website. Mas você sabia que se o seu site não for “mobile friendly” ou seja, não permitir acesso fácil ao conteúdo das suas páginas em um smartphone por exemplo,  poderá ser penalizado no resultado de buscas do Google®?
Google já vinha incentivando o desenvolvimento de sites amigáveis para acesso móvel nos últimos anos, mas em novembro de 2014, o gigante motor de buscas deu um grande passo à frente quando introduziu um novo rótulo no resultado de buscas: “mobile-friendly”, que vai indicar aos usuários de dispositivos móveis que eles terão uma boa experiência ao visitar os sites.
Recentemente, o Google começou não apenas a rotular sites dessa forma como também penalizar os que não o são por rebaixá-los nos rankings de busca em dispositivos móveis. Se o site da sua página principal não for mobile-friendly, ele pode até aparecer no início do resultado de buscas feitas a partir de um desktop ou laptop, mas em um dispositivo móvel, sua classificação vai despencar.
O que faz com que seu site não se classifique? Alguns exemplos:
  • Sites que forçam os usuários a beliscar ou zoom para ver imagens ou ler texto;
  • Conteúdo que é mais largo do que a tela do dispositivo, forçando os usuários a deslocarem as páginas de um lado ao outro para lerem uma sentença;
  • Links que estão tão juntos que são difíceis de se clicar em um dispositivo móvel;
  • Sites que usam flash ou outros formatos que são incompatíveis com dispositivos móveis.
Então o que você pode fazer para garantir que o seu site atende os critérios do Google?
  • Foque sobre os conceitos básicos que os usuários precisam saber e remova qualquer conteúdo estranho. Pense "simplificado" com menos fotos e links;
  • Considere mudar links não essenciais para menus em colapso que abrem simplesmente com o toque na tela;
  • Dê preferência a temas “Responsive” os quais até agora tem sido a forma mais eficaz de serem rotulados como mobile-friendly, embora esse design possa retardar o tempo de carregamento;
  • Certifique-se de que quaisquer links ou botões que os usuários precisem tocar sejam grandes e rodeados por espaços em branco o suficiente para serem facilmente funcionais;
  • .Se você tem um site de e-commerce, tente reduzir o número de campos de entrada, telas e outros passos no processo de checkout.
Para muitos empresas fornecedoras de produtos ou serviços, Mobile é a primeira tela que o usuário acessa. A boa notícia é que a maioria dos provedores de hospedagem e web designers para pequenas empresas sabem disso também. Faça o Teste do Google para Sites Mobile Friendly e converse com seu Web Designer caso perceba que mudanças são necessárias.
O mundo está cada dia mais “Mobile” e você precisa acompanhar essas mudanças!

Comments are closed.